Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

29
Mai18

Ô país organizadinho!!!!

Fátima Bento

Filofax? Listas de tarefas? Bullet journals? Agendas eletrónicas, organizing apps? Qual quê!

 

Organização é um país ter um dia certo para aumentar os combustíveis. SEMPRE no primeiro dia da semana, não receiem surpresas: a cada segunda feira os dígitos mudam! Nos postos de combustível mais próximos de minha casa, o preço já nem é afixado, tal é a rotatividade numérica!

 

Podemos ter dos combustíveis mais caros da Europa, mas em organização ninguém nos ganha!

 

gas.png

 

18
Set17

Viram os Emmys esta madrugada??

Fátima Bento

emmy.jpg

 

Pois eu conto...

 

O Trump levou porrada - o Stephen Colbert apresentou, nem era de esperar outra coisa.

As mulheres ganharam muitos Emmy's

O Trump levou nas trombas.

Quando o prémio não era atribuído a um elemento do género feminino, provavelmente era a um afro americano.

O Trump levou no toutiço

As minorias foram justamente representadas.

O Trump levou nos cornos.

A Oprah Winfrey apresentou o último prémio: melhor serie (mas não levou nenhum para casa, hélas).

O Trump apanhou.

 

Prémios (assim de memória):

 

Big little lies arrasou e carregou-se de Emmys;

The Handmaid's Tale levou (acho que) tudo para que estava nomeado;

Veep voltou a levar os Emmy de comédia e melhor atriz;

John Lithgow ganhou pelo seu desempenho em The Crown onde faz um Churchill tão fabuloso que nos esquecemos que não é o verdadeiro...

San Junipero de The Black Mirror, levou dois Emmy. Não é, de longe nenhum dos meus episódios favoritos...

 

Estes Emmy mais de que qualquer outra coisa foram políticos. 

Não conheço as duas multipremiadas series, mas acredito que seja merecido.

De resto... pá, compreendo a necessidade de virar a balança ao contrário para depois encontrar o equilíbrio. Mas a mim já me cansa... (sejam meiguinhos nos comentários, vá...)

 

Só não me cansa ver o Trump a levar forte e feio de toda a gente...

 

Nota: o namorado do Kevin Spacey é muito giro. Parabéns sr. Presidente  é um homem de bom gosto!

 

PS: Ah, o flop da noite: Sean Spice (o próprio) a anunciar uma imensa audiência aos Emmys, a maior de todas... uma assunção - de muito mau gosto, na minha opinião, e de muito mais gente - de ter mentido a todos os americanos no inicio da legislatura de Trump ao referir-se ao número presentes no Inaguration Day. Como disse alguém: não teve piada na altura, porque teria agora?

Dois erros não fazem algo certo.

Podem ver e ler sobre isso aqui

 

25
Jul17

PQP! - Ainda Pedrógão Grande...

Fátima Bento

img_797x530$2017_06_17_23_37_16_236403.jpg

                                                    (imagem Sábado. Clicar na imagem para aceder à galeria de fotos) 

 

Não gosto, de todo, de falar da "nossa" política. Para a Internacional estou aqui sempre pronta, mas sobre a nacional, raramente me pronuncio, mas neste momento já é mais forte que eu.

 

Eu até gosto do conceito da geringonça. Gosto da ideia de termos um Governo de centro esquerda, já que desde 1974 é a primeira vez que tal acontece. Só que por azar e principalmente pela forma atabalhoada como esse azar foi e está a ser gerido, já faltou mais para o bebé ir com a agua do banho...

 

Este sacudir de água do capote do Governo para o Ministério Público, o Siresp, a Proteção Civil está a ser tão triste... e tudo (digo eu) porque temos as eleições Autárquicas à vista. Francamente Senhor Primeiro Ministro!

 

Em primeiro lugar, as 64, 65, 73, ou quantas são as vítimas, não são números: SÃO PESSOAS. Merecem o respeito devido. Depois uma lista de vítimas em segredo de justiça?? Dado que não percebo nada de direito, PORQUE É QUE está em segredo de justiça? Não existe investigação de crime, dado que o incêndio em questão até foi "provocado por causas naturais"... segredo de justiça PORQUÊ? Até quando? Dia 2 de Outubro?

 

Eu, que já votei do PSD ao Bloco, e nas Autárquicas costumo votar sempre no partido que tem maioria aqui no concelho, este ano tinha posto a hipótese de pôr a cruzinha no PS, assim tipo de voto de confiança, com o défice a baixar, e todo o resto que estava a correr bem...

 

Neste momento digo: NEM PENSAR. Fá-lo-ia nem que houvessem 120 mortos (salvo seja) desde que não estivesse a assistir a um vergonhoso jogo do empurra.

 

Não têm tintins para aguentar o embate? E diz que têm capacidade para governar um país - de pessoas, não de números?

 

Estou a ficar FARTA de me dececionar!

 

- e depois queixam-se da abstenção...

 

22
Mai17

Agarrem o homem!

Fátima Bento

Se o António Costa resolve jogar no euromilhões, leva a Santa Casa à falência! No mínimo!

 

Costa-e-Jerónimo2-1060x594.jpg

(foto Gustavo Bom/Global Imagens via Dinheiro Vivo)

 

Parabéns, Mário Centeno!

Parabéns, senhor Primeiro Ministro!

 

e restantes elementos do Governo e demais Geringonça. O mérito é igualmente nosso e - muito - vosso!

 

...e se ainda não sabe, veja porquê aqui

 

 

22
Mar17

Ivanka na Casa Branca OU Ó Rodrigo!

Fátima Bento

Ontem, a ver o noticiário da Sic, oiço o Rodrigo:

 

"A mulher de Donald Trump, Ivanka, vai ter um gabinete na Casa Branca"

 

Eis senão quando a centrifugadora dentro da minha cabeça começa a mexer (mas ao ralenti, que ontem a coisa estava mesmo parada e marcha atrás) já que me parecia haver ali alguma coisa que não fazia sentido: OU era a filha que ia ter um gabinete dentro da Casa Branca OU era a (só hoje de manhã é que me lembrei do nome) Melania, o que, per si, não era notícia, tanto quanto me parecia.

 

Mas, dizia o Tico, ela não está a viver na Casa Branca, e o Teco aventa que nesse caso seria notícia.

 

Passa a reportagem. Sim, é a Ivanka que vai ter um gabinete na Casa Branca, o que está a provocar polémica já que, não sendo a Primeira Dama não está previsto (na Lei ou no Protocolo, ou em ambos) tal poder acontecer, e a mesma vai ter acesso a segredos de Estado.

 

Volta o Rodrigo ao écran e assinala o seu lapso ao referir-se a Ivanka como sendo a mulher de Donald Trump, quando a mesma é a filha.

 

Parte (menos) gira: Logo a seguir ao Inauguration Day houve uma revista cor de rosa - não me perguntem qual, só vi a capa, e de fugida - que dizia que Melania não ia viver na Casa Branca, confirma-se, e que Ivanka ia fazer as vezes de Primeira Dama, o que era uma ideia perfeitamente absurda, mas que até ver se está, também, a confirmar (!!!).

 

Mal vai o mundo quando revistas cor de rosa antecipam noticias de primeira pagina de jornais sérios...

 

Encurtando: mal vai o mundo.

ivanka-trudeau-fb.jpg

 

30
Jan17

Screen Actors Guild (SAG) Awards - o fim do tabu

Fátima Bento

screen_actors_guild_awards.jpg

 

Esta noite foram entregues os SAG awards 2017 (que, como todos os prémios, são referentes ao ano anterior, i.e., 2016).

 

{ Parecerá um pouco estranho que se proceda a festejar e distribuir prémios em meio a toda esta instabilidade que se plasma num imenso ponto de interrogação cor de laranja. Mas há que ver o assunto de outro ângulo: é desta forma que as vozes se continuam a fazer ouvir, de cada vez, com mais força. E que se espalham à escala mundial. }

 

E caiu de vez o tabu, aquela coisa de que todos, ou quase todos, os prémios valem o que valem porque há muito mais envolvido de que filmes/series - implicando que se misturam coisas como política com os mesmos.

Pois este ano misturar política e prémios de cinema/televisão é assumidamente não só real, como aceite, recomendável - e vou mais longe, necessário. Kerry Washington, em poucos segundos disse o porquê, logo no inicio da transmissão:

 

 

E foi a isso que se foi assistindo no desenrolar da noite: a discursos de aceitação profundamente assentes em princípios políticos que gritam nas entrelinhas 

 

NÓS NÃO TEMOS MEDO

 

de falar, de assinalar, de apontar o dedo, de defender os nosso direitos. Mesmo não sabendo o que daí vem ou pode vir. Este é também o nosso papel.

Abaixo, o discurso mais emotivo da noite.

 

 

2017 é o ano em que o politicamente passou a mais que correto numa sociedade a desconjuntar-se porque O POVO AMERICANO (obrigadinho!) deu a um homenzinho o poder de fazer o que lhe aprouver, não porque saiba o que está a fazer, mas porque pode.

 

Para a lista de premiados, espreite aqui:

 

(para ver outros discursos, vá a you tube e procure por SAG acceptance speeches)

 

02
Jan17

Terrorismo autofágico

Fátima Bento

Ontem explodiu em Florença uma bomba à porta de uma livraria que tem ligações ao grupo de extrema-direita Casa Pound.

Diz Gianluca Iannone que este é o terceiro ataque contra a livraria "cujo único pecado é ser próximo da Casa Pound".

E se a moda pega? E se os cidadãos se lembram de começar a fazer o que consideram justiça desta forma descabida? E se em vez de - ou também - nos preocuparmos com o Terrorismo Islamico e amigos, a ameaça que vem de fora, tivessemos de começar a olhar para dentro e por cima do ombro?

E se em vez de esperar pela hipótese de um ataque terrorista a reivindicar pelos suspeitos do costume, começassemos a destruir os países por dentro, em pequenas dentadas?

Globalization cartoon1.jpg

(fonte da imagem aqui)

 

21
Set16

Marcelo pró Guterres na ONU - é de mim, só pode ser de mim...

Fátima Bento

PONTO PRÉVIO: Este post é um pensamento que se me assomou à testa, assim sem ter lido nada a respeito, por isso, pode ser um grandessíssimo disparate. É assim tipo, estou no café ao balcão a tomar a bica e o vizinho do lado puxa o tema e eu não resisto a dar os meus cinquenta cêntimos (com um grande sorriso, não vá as opiniões serem discordantes ...)

 

Ontem, estávamos nós a ver qualquercoisa num qualquer canal, e quando acabou, o Victor carregou no 5 do comando. Estava onãoseiquantos a apresentar um programa com o Rui intelectual-do-futebol, que às tantas interrompe porque têm de ir para um direto das Nações Unidas, onde o nosso Presidente se tropeçava todo no inglês - que dominará, mas ao querer de tal forma mostrar-se à vontade a fazê-lo, a coisa estava a preconizar espalhanço, não fora ele virar ao português num ápice. 

 

1074877.jpe

 

E pronto, já toda a gente sabe que ele estava no ONU a fazer a apologia de Guterres.

Ora eu não sei se os presidentes dos outros candidatos têm feito a a mesma coisa (como disse, não li nada), mas independentemente, isso não muda a minha opinião: o que digo à/da Presidência da Republica portuguesa, vale para todas.

Mas isto não tem a ver com com a carreira política de um homem? Onde é que entra aqui o país? O presidente da ONU ser português dá uma imagem favorável do nosso país? Só se for em altas esferas, porque inculta me confesso, não faço ideia da nacionalidade, por exemplo, do Kofi Annan (ai como eu espero que esteja bem escrito)... até admito que no computo geral possa trazer mais valias para Portugal e até preconizo que António Guterres não é Durão Barroso, já que nunca gostei do segundo.

Mas daí ao Presidente ir à sede da ONU promover um candidato????

A mim soa-me estranho.

...... mas se calhar sou eu....... 

 

[Ok, Kofi Annan é oriundo do Gana. Não resisti a confirmar se o nome estaria bem escrito e tropecei na nacionalidade do senhor].

15
Dez15

Presidencialmente falando

Fátima Bento

portugal1.jpg

Ora que estamos em plena campanha para as presidênciais - é que eu sou muito distraída, mas se isto for pré campanha devo ter uma máquina de viajar no tempo, e é melhor regulá-la para recuar um bocadinho...

Dizia eu que estamos em qualquercoisa para as presidenciais, a gastar tempo, dinheiro e paciência, com o ganhador mais que certo, e comigo a fazer figas para que seja já à primeira, que sempre se poupam um largos milhares de euros (milhares, eu disse? ná, tou a rénar...)

Se eu gosto particularmente do Professor Marcelo? Fico-me por um nim. Mas estivera eu a ponderar votar na Maria de Belém, e a entrevista que ela deu à SIC faria passar-me a alucinação: quando confrontada com o que pensa de Marcelo - pergunta obrigatória para todos os candidatos, já que eles não concorrem uns contra os outros; cada um deles concorre contra Marcelo(?!?) - ela trouxe para a ribalta a velha alcoviteira que tem dentro, e juro que ouveram ali argumentos que tresandavam a naperon de crochet sobre a televisão e a sevilhana no pesiché, numa casa a cheirar a naftalina. Cruzes na boca, que no boletim, aquela entrevista deve tê-la feito perder muitas.

Depois há a Marisa Matias, que dizem as boas linguas, tem um CV altamente recomendável, e tudo o mais. Nem vou falar da entrevista com a Judite de Sousa, que a terá até feito ganhar um número razoável de cruzinhas, mas de há uns dias ter apanhado, em diagonal, um  momento num noticiário em que a mesma discursava. Valido a imagem de um(a) candidato(a) tanto como outra coisa qualquer, mas há limites. Uma candidata que, ao mesmo tempo que discursa, aproveita para coçar, insistente e ostensivamente, a nuca, desculpem, mas não dá. Protocolos à parte... não, quando falamos de Presidência da Républica não podemos minorar protocolos, são incontornáveis.

E depois há os outros todos. Todos a concorrer contra um.

Ó Marcelo, pá, hás-de ter os teus defeitos, mas só podes ser grande. Caramba!...

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

camilla.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora