Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

26
Jun19

Guess what?

Fátima Bento

img_770x433$2019_05_29_18_11_03_589333.jpg

 

Devido à situação no consulado português em Londres, (como, em janeiro, o jornal Público contava aqui) a minha filha marcou agora avião para vir cá tratar do Cartão do Cidadão. Vem durante uma semana. Desses sete dias, um vai ser para tratar do CC e Passaporte (é que não há volta a dar, vai ser o dia inteiro!), e outro para os  levantar.

 

Sobram cinco dias para lhe mostrar a diferença do país em 9 anos. Matar saudades vamos matandos naquelas filas infinitas, e coiso.

 

Entretanto o meu filho vai, no inicio da próxima semana, tratar do seu, que já caducou. Um bom power bank é o que lhe desejo!

 

Eu e o Victor tratamos dos nossos em Março. Sim, foi um dia inteiro. Levantar foi rápido, porque pedimos para enviarem para o Seixal. Mas ainda nos falta o passaporte, que a garota casa no final de 2020 e o mais provável é que nessa data este já seja necessário para entrar no UK.

 

Isto, meus senhores, é (como todos sabemos), uma anedota. Vou estar finalmente uma semana com a minha filha, mas dois dias  de seca ninguém nos tira: quais praia, quais quê...

 

Irra, que este ano tá tudo doido!

31
Mai18

Os gatos às vezes conseguem ser mesmo estúpidos, irra!

Fátima Bento

Pois e que nunca mais falei dos gatinhos do quintal.

 

Porque estou zangada com eles.

 

Dou-lhes de comer todos os dias, mas é assomar-me à janela, distribuir os pedacinhos de paté, encher as duas tigelas com ração e vir para dentro.

 

Tudo porque as duas parvas que pariram com 24 horas de diferença começaram por misturar as crias. Podia ter corrido tudo muito bem, como nos primeiros dias, mas depois uma delas (a mais nova) passou-se da marmita e resolveu mudá-los de lugar - todos. E a outra mãe (a branca) ia buscá-los e punha-os de novo dentro da casota, e recomeçava tudo outra vez. Até que a branca, farta de andar a ir buscá-los onde a outra os punha começou a escondê-los atrás dos vasos do quintal abandonado por baixo de minha casa. E a outra descobria-os e levava-os. Chegaram a estar as duas com o mesmo gato, uma a segurar pelo cachaço, e a outra a puxar por onde conseguia agarrar. Um dia desapareceram com eles para um outro quintal abandonado, a três quintais de distância. Os gatinhos já estavam demasiado pesados para a branca conseguir vir com eles para cá... nos primeiros dois dias, elas ainda lá iam, mas depois cada vez que eu ia à janela, elas estavam ali ao pé da casota, e sem os pequenitos...

 

Entretanto a Princesa, que teria parido quatro ou cinco dias antes delas algures no mesmo quintal onde estariam agora estes, começou a aparecer menos vezes. E a parva da mãe mais nova começou a atirar-se descaradamente aos machos (sinal de que não teria, já, crias). E passado todo este tempo, não há sinais dos gatinhos que já deveriam ter aparecido - ou sido avistados por alguma das vizinhas dos andares mais altos, e ninguém viu nada. A Princesa aparece muito de longe em longe, e a parva da mãe mais nova corre com ela! 

 

A Princesa está triste - e, mal por mal, gordinha... mas gatinhos, népia. 

 

Por isso estou zangada com as criaturinhas. Porque se a parva da mãe mais nova não encasquetasse mudar as crias de lugar, eles ainda estariam vivinhos da silva. Porque pelo menos podiam não ter rejeitado a Princesa, que é da primeira ninhada - a do Bebé, que sobe à minha janela, e da Oìnhos (a mãe branca). 

argh.PNGAos, agora, cinco juntou-se uma gata adulta (pelo que pude vislumbrar ontem é uma fêmea) azul que quando chegou aqui não sabia sequer miar, e os outros aceitaram-na. Não se enrosca nos outros mas deita-se perto.

 

Farta destas criaturinhas parvas. Ou desta criaturinha parva, a mãe mais nova, que parece que é a dona disto tudo... sempre quero ver o drama que vão ser as próximas ninhadas... não quero saber, não vou passar horas a olhar para as crias e a falar com as mães.

 

PQP!

25
Jan17

O estranho caso do português legendado em português

Fátima Bento

A sério.

Não, mesmo a sério, isto aconteceu, foi verdade.

No Masterchef Brasil 3, no ano passado, houve um concorrente português, Nuno Codeço. Na prova introdutória, que chamaremos noves fora nada, ele foi incluído no grupo dos concorrentes não brasileiros. Até aqui tudo correto. E estes até se exprimiam lindamente na língua de Camões, de forma perfeitamente percetível

- mas isso digo eu, deste lado do Atlântico

 

independentemente disso, decidiram legendar os três concorrentes. Sim: legendaram em português o que o português ia dizendo.

Ora aquando da finalização do prato de Nuno - que por acaso até foi bacalhau com natas (mmmmmmiam) mas isso agora não interessa nada... - que é feita em frente aos jurados, a chef Paola Carosella indagou o número de anos que Nuno estava no Brasil, ao que este respondeu cinco. E é aqui que o chef Érick Jacquin dá o traque verbal mais ruidoso que lhe é possível (aos 4:02 do vídeo)

 

Cinco anos no Brasil e nem fala português ainda?

 

Honestamente, e depois de ver o vídeo duas vezes (e de já ter visto duas temporadas de Masterchef Brasil, que é uma versão de que gosto) acho que a intenção do chef Jacquin (e se alguém precisa de uma legendagem que quando em vez é o mesmo) terá sido jocosa. Profundamente triste, de um imenso mau gosto. mas uma daquelas piadas que eles fazem de cara fechada para intimidar os concorrentes nos primeiros dias. E aquele era o dia zero.

 

De qualquer forma, e porque não quero que vos falte nada, olh'aí o vídeo da discórdia...

 

 

O que acham? 

Brincadeira de mau gosto ou boca idiota de francês ranhoso?

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

camilla.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora