Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... e 'mái nada!

... e 'mái nada!

Bonança

depois da tempestade

  E já passou! De manhã ainda choveu, gotas grossas quase de despedida, e depois limpou; o céu voltou a ficar azul e a luz, aquela luz que faz tanta falta, aqueceu-nos de novo a alma.   Demos um pulo ao supermercado (há dois dias andava a misturar as sementes com iogurte grego , que os meus bio naturais tinham acabado), e no regresso paramos junto ao rio, e aproveitei para fotografar este azul.   Não sei como vai ser amanhã, mas esta tarde foi bonito.  

Eu fui...

  ... ao mecânico.    O problema do Rocinante, é que a porta do condutor deixou de abrir com a chave. Por isso, se um dia destes viram uma caramela a abrir a porta do pendura, a pôr o joelho sobre o banco, a espichar-se através do habitáculo até chegar ao botão que destranca as quatro portas, a sair do carro, fechar a porta, dar a volta ao carro, abrir a outra porta e sentar-se... era eu.   Vai daí, lá foi ela ver se (...)

AQUELE MOMENTO, em que sabem o que deviam ter dito e caramba-porque-é-que-não-disse...

Telefona-me o marido por volta da hora de almoço, já saíste de casa? E eu, ainda não, mais logo. Hoje acordei tarde... E ele, então vê se sais e vais aproveitar o solinho, está um dia espetacular! E eu, daqui a pouco, depois de besuntar a fascia com o 50, sol deixa-me sempre mais bem disposta! Vai daí, à hora do segundo café (que não tem hora, é quando apetece), eis que lá vai ela em direção à esplanada do costume, na sua baía.  já não me lembrava que aquele (...)