Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

29
Ago16

Eu leio muita porcaria...

Fátima Bento

A sério. Leio muita porcaria. Livros com maiúscula, assim BONS, com autores que são pesos pesados, também leio. Mas são em número inferior. Nem vos conto, as horas que devoto a queimar pestana de volta de uma Sophie Kinsella, de uma Tess Gerritsen, de uma Mary Higgins Clark, de um John Katzenbach, de uma Elizabeth Adler (de quem já gostei mais se vocês se lembram, aqui)... neste momento leio um Richard Montanari, As Raparigas do Rosário, que me está a prender. Vai daí fui espreitar o que havia mais do autor... em português, nada, mas em outras línguas...  eis que são mais que as mães.

 

Ou seja, estraguei tudo.

 

Um escritor que escreve um excelente livro (não digo que 'As raparigas...' seja assim classificável - nem o contrário...) é de se lhe tirar o chapéu, agora um escritor com uma braçada de livros editados, quebra-me qualquer sorriso. Não quer isto dizer que não vá ler mais nenhum - provavelmente vai ser o meu novo autor de 'bora lá ler tudo o que escreveu' - mas atiro-o já para pilha do distrai-me-e-eu-gosto-mas-não-faz-mais-que-isso. O que, às tantas, até é benéfico, não vale a pena estar atenta à forma, basta seguir o efeito.

E por falar em forma, o livro que li antes deste foi penoso. Uma história bastante interessante, bem contada q.b. - na medida em que não consegui adivinhar de todo, quem estava por detrás do esquema - mas tão mal escrito que doeu. Falo de  Teia de Mentiras, de Heather Gudenkauf

1507-1.jpg

Vejam um exemplo escolhido meio ao calhas - há pequenas passagens que estão tão ou mais mais pejadas de nomes próprios, diálogos que repetem ao infinito o nome dos intervenientes, para o caso de nos esquecermos quem são... até dói...

- Amy, é tão bom ver-te - disse Sarah dando um passo hesitante na direção da cunhada -  já lá vai tanto tempo.

- Olá - disse ela com voz rouca, surpreendendo Sarah com um abraço. Havia um cheiro a cigarro colado às roupas dela e Sarah sentiu a ponta afiada de cada uma das suas costelas. Sarah retribuiu cuidadosamente o abraço temendo apertar a franzina Amy com demasiada força - Obrigada por teres vindo.

-Ora essa. - Sarah levou a mão à bolsa e retirou um pacote de lenços que entregou a Amy

- Amy, comeste alguma coisa? perguntou Celia

Amy assentiu com a cabeça e Celia lançou-lhe um olhar penetrante.

- Comi - disse Amy num tom aborrecido - podes perguntar ao Hal.

- Ela comeu - confirmou Hal - Não muito, mas eu também não.

 

Fosse um guião e até conseguia compreender a utilização repetida do nome dos intervenientes. Num livro é descabido, e faz-nos cair do cavalo. Isso e frases curtas, muitos pontos finais. Dás à chave, metes a primeira, arrancas, metes a segunda... e páras. Ao longo do livro. Chamei à autora, 'a escritora do motor gripado'. Aquilo é soluço sobre soluço! Tive de pousar o livro - não poucas vezes - por forma a deixar de reparar na escrita e 'ver' a história. Mas custou. 

 

Li-o em duas penadas. Quanto mais depressa leio um livro, "menos bom" este é. É uma forma de avaliar tão boa como qualquer outra, e tem sido tão precisa quanto possível.

 

Já no que diz respeito ao Montanari, esta noite é a terceira. Passou esse filtro com distinção.

E agora vamos ver os outros...

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

nobody.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora