Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

05
Dez16

Preacher- a serie (mais WTF?!?) do momento

Fátima Bento

preacher.jpg

Na última sexta-feira à noite, enfiei-me na minha cápsula do tempo e vi o último episódio da primeira temporada de PREACHER.

 

Ora atentem lá na classificação que o IMDb lhe dá: 8.2/10. Merece cada valor (eu dei-lhe 10, e tenho por principio não dar nota máxima, nunca). 

 

O que é que posso dizer sobre a série? O episódio piloto estranha-se, mas avançamos para o segundo numa de "deixa lá ver..." - e a partir daí é um ver se te avias.

 

Se tentar encontrar outra série para estabelecer paralelo, não encontro. Acho, na minha parca capacidade avaliativa, que não há. Deixa um aroma de Tarantino em fase loucura-tipo-Aberto Até-de-Madrugada, mas em melhor. Mesmo melhor.

Preacher (1).jpg

 

- Os momentos de doideira que aqueles três, Sam Catlin, Evan Goldberg, Seth Rogen devem ter tido a escrever o argumento, ah senhores, trabalhar assim vale a pena. Um pagode pegado, é que só pode...

 

Agora para nós, os mortais que ligam a AMC às terças feiras (acho eu, que mandava a máquina gravar e via depois ) - o AMC Portugal que vai para o 7/10 episódio -  tentar encaixar esta série num tipo, é um mimo.

 

  • É uma comédia? hum... é pá, a gente ri-se de vez em quando... mas não é uma comédia.
  • Tem a ver com religião? hum... o titulo,o facto do protagonista ser um pastor... não, não tem bem a ver com religião. Ah e tem anjos. Anjos burros, mas ainda assim, anjos.
  • É um drama? tem situações dramáticas... tem... mas definitivamente não é um drama.
  • É policial? mete xerife, policia, crimes... mas não, não é policial.
  • É sobrenatural? Bom, tem um vampiro irlandês que é um querido. Tem o Bem, tem o Mal, e tem... o Assim-Assim. Não, não é sobrenatural.

preacher-amc-image.jpg

 

É sobretudo, uma série a não perder.

 

A coisa vai num crescendo e o final da primeira temporada acaba com um BOOM.

 

 

Literal.

 

 

E arranca para a segunda - que estreia já em 2017, e diz que conta com 13 episódios, connosco pela trela a salivar por ela entre muitos, muitos WTF???, gargalhadas (estranhas) e ó senhores, pois que venha ela!!!!

 

E DEPRESSA!

dominic-cooper-preacher.jpg

 

24
Jun14

Reality What?

Fátima Bento

Não sou mocinha de reality shows. Vi o primeiro Big Brother, e vi uma BB Famosos, aquele em que entrava a Lena D'Água. Mais nada.

Não sei como funciona a Casa dos Segredos, nunca vi nenhum. Sei que havia num deles uma tal de Fanny que se me aparecesse à frente, eu não saberia quem é. E sei aquela história da burrinha que disse que a África era um país da América do Sul (é assim, não é?), de resto, não sei mais nada. E o que sei é de ouvido.

De resto não contem comigo para dar audiência a essas tretas.

MAS, e porque há sempre um 

MAS...

estou a seguir e a adorar um reality show que passa no BIO.graphy Channel, de tal maneira que mandei a box gravar os episódios todos desta temporada (o BIO. não me deixa viajar no tempo ráisopartam).

Chama-se Duck Dinasty

Eu não sei como é convosco, mas quando estou sozinha a ver qualquer coisa que me faz rir, não costumo 'rir alto' com facilidade. Com estes quatro caramelos e restante família, é ver-me volta na volta a soltar uma gargalhada.
IM-PA-GÁ-VEL
{ - JURO! }
22
Abr14

Resurrection. Isto é, The returned. Ou melhor, Les revenants...(IRRA...)

Fátima Bento

Começou tudo com a serie das quartas-feiras, que nesta estreará o terceiro episódio, 'Resurrection'. Garanto que me deixou suficientemente intrigada para pesquisar de onde vinha, e descobri que era a adaptação do livro 'The returned', de Jason Mott. Daí a descobri-lo em ebook (já que em papel na Fnac, é mentira e na Wook, espera aí de 10 a 20 dias - além disso, não o compraria em papel) e comprá-lo para o kobo, foi uma questão de minutos. E comecei a ler.

Entretanto, sou confrontada com uma opinião que me diz que "a adaptação americana perde muito em relação à original", 'Les revenants' de 2012 - sendo que existe uma outra versão de 2004, em filme, com o mesmo nome.

Sabendo que geralmente a industria do entretenimento americana insiste no lucro em detrimento da qualidade, e como a curiosidade (não) matou o gato, descarreguei a serie francesa.

- vá, prendam-me.

Por isso agora estou a ler o 'The returned' (segundo o kobo, faltam 4,3 horas para acabar o livro), estou a ver a serie da produtora do Brad Pitt às quartas no AXN, e acabei de ver o 2º episódio da serie francesa.

E querem saber?

- sem spoils

É que não têm nada a ver!

{E para mais, fazer comparações entre 'Les revenants' e 'Resurrection' é um erro imenso: o primeiro (filme) é de 2004, e inspirou a serie de 2012. O livro foi escrito em 2013, e deu, origem à serie de 2014...}

Ponto comum: pessoas mortas voltam à vida.

Começa e acaba aí.

Os créditos da serie americana são atribuídos à obra de Jason Mott (poeta, tendo sido este o primeiro livro em prosa que escreveu); a cidade chama-se Arcadia, check, e de resto... bom, esticando a coisa para umas quantas temporadas, a segunda é capaz de começar assim com o terceiro ou quarto capitulo, pelo que não sei. MAS SEI que há muita coisa que NÃO ESTÁ na obra escrita - mas é por isso que se diz ser uma adaptação, certo?

Receio, mas receio mesmo que se perca 'a mensagem' por detrás - e que comecei a discernir desde há umas horas, aquando da última vez que peguei no reader. E a acontecer isso, será deveras triste...

Mas sobre esse assunto, não acreditando, realmente que irá ser um spoil (se se revelar como tal, avisarei no titulo), falarei quando fizer a review do livro.

Por agora, fiquem com os links acima, para 'cuscarem', e se quiserem comprar no original, podem clicar aqui ou  aqui.

- não existe (AINDA, espero) uma edição do livro em português. O mesmo pode ser adquirido em inglês ou francês para o kobo,e penso que também em alemão... ide verificar... 

10
Abr14

O que estou a ver no pequeno écran...

Fátima Bento

{Vamos por partes. Primeiro vão-me dar um segundo que eu vou só ali tirar uma dúvida e volto já. São só uns segundos. Voltei. É no AXN, lol}

Eu ontem vi a estreia, mas como o comando não é meu, e nunca sei SEQUER o numero correspondente a cada canal (ainda para mais estava habituada aos standard que via no caixote, e aí era, se não me engano, o 60, agora são os HD...), é a desgraça...

- e volta e meia diz o marido põe aí no Axn/Fox/whatever, ao que se segue a minha resposta e isso é onde? e o terceiro passo é ele entrar na sala, pôr no canal e voltar ao que estava a fazer...

pelo que não me lembrava do canal. É no AXN, pronto.

O IMDb dá-lhe 8/10, mas ainda é cedo para embandeirar em arco. De louvar é a bendita da campanha de marketing - até a caixa onde me entregaram a pizza ontem trazia a imagem! E depois, pronto, é da produtora do Brad Pitt, que não há-de estar a produzir cocó, digo eu...

De qualquer maneira, gostei da historia

(ai o que eu não dou para não meterem aliens 'ao barulho', que eu já não aguento mais histórias de aliens, puxem pela cabeça para outras explicações mais ilógicas, please!) Mas, e enquanto escrevo pesquiso, parece que sim, ou melhor, que não, que não tem a ver com vida extraterrestre. Já descarreguei a amostra para o meu reader, e daqui a uns dias compro o livro . Chama-se The Returned e foi escrito por David Mott.

Portanto... não contem com spoils, vejam a serie.

Resumindo e baralhando, neste momento o que vejo, na telinha: Ressurection (AXN), que vai emparelhar com Scandal (Fox Life), com The Blacklist (Sic) e Arrow (AXN).

Por ora, enquanto não começo a ver o Game of Thrones (SyFY, que não tenho).

Façam-me companhia e vejam também... tenho um dedinho que adivinha e me diz que vai mesmo valer a pena ;)

Resurrection, quartas-feiras, 22:20, AXN

13
Fev14

Um dos temas do momento - Berg, és GRANDE!

Fátima Bento

{Não, não é o dia dos namorados. Sugestões para o seu Valentine pululam pela blogosfera, e se querem mesmo saber a minha opinião, a melhor, a minha favorita é esta, da Kika (que virá em cima da hora, para encomendar a forma, mas se procurarem pode ser que encontrem algo similar...) que tem um blogue que é ela: a coisa mais querida que podem imaginar. Acho que é tão ou mais doce que chocolate. Vão por mim, e verifiquem o blogue da menina, e sigam-no, e tudo, e tudo.}

Bom, posto isto, vou passar ao outro assunto: ao Factor X. Melhor, ao Berg (grande Berg!)

Veni, Vidi, Vici

É pá, eu tinha tanta coisa a escrever sobre isto... que agora nem sei que diga. Este post podia começar por um enorme obrigado.

- OBRIGADO pelo teu talento

- OBRIGADO pela tua presistência

- OBRIGADO pela tua humildade

- OBRIGADO por provares a nós (e aqui está uma seta em neon a piscar, a apontar para mim) que vale a pena ir atrás e NUNCA desistir

- OBRIGADO, MUITO OBRIGADO por provares que os sonhos não têm idade, e são sempre possíveis.

Obrigado, Berg!

- e para quem achava que ah e coiso estava feito para ele ganhar (my ass!) toma lá o 1º  lugar do Itunes em 48 horas. Vai buscar!

Para quem ainda não ouviu, o primeiro original do menino, só para vocês :) : 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

kinsella.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora