Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

18
Set17

Viram os Emmys esta madrugada??

Fátima Bento

emmy.jpg

 

Pois eu conto...

 

O Trump levou porrada - o Stephen Colbert apresentou, nem era de esperar outra coisa.

As mulheres ganharam muitos Emmy's

O Trump levou nas trombas.

Quando o prémio não era atribuído a um elemento do género feminino, provavelmente era a um afro americano.

O Trump levou no toutiço

As minorias foram justamente representadas.

O Trump levou nos cornos.

A Oprah Winfrey apresentou o último prémio: melhor serie (mas não levou nenhum para casa, hélas).

O Trump apanhou.

 

Prémios (assim de memória):

 

Big little lies arrasou e carregou-se de Emmys;

The Handmaid's Tale levou (acho que) tudo para que estava nomeado;

Veep voltou a levar os Emmy de comédia e melhor atriz;

John Lithgow ganhou pelo seu desempenho em The Crown onde faz um Churchill tão fabuloso que nos esquecemos que não é o verdadeiro...

San Junipero de The Black Mirror, levou dois Emmy. Não é, de longe nenhum dos meus episódios favoritos...

 

Estes Emmy mais de que qualquer outra coisa foram políticos. 

Não conheço as duas multipremiadas series, mas acredito que seja merecido.

De resto... pá, compreendo a necessidade de virar a balança ao contrário para depois encontrar o equilíbrio. Mas a mim já me cansa... (sejam meiguinhos nos comentários, vá...)

 

Só não me cansa ver o Trump a levar forte e feio de toda a gente...

 

Nota: o namorado do Kevin Spacey é muito giro. Parabéns sr. Presidente  é um homem de bom gosto!

 

PS: Ah, o flop da noite: Sean Spice (o próprio) a anunciar uma imensa audiência aos Emmys, a maior de todas... uma assunção - de muito mau gosto, na minha opinião, e de muito mais gente - de ter mentido a todos os americanos no inicio da legislatura de Trump ao referir-se ao número presentes no Inaguration Day. Como disse alguém: não teve piada na altura, porque teria agora?

Dois erros não fazem algo certo.

Podem ver e ler sobre isso aqui

 

27
Fev17

Os laços azuis na red Carpet

Fátima Bento

A razão porque alguns atores e atrizes estão a usar laços azuis na red Carpet prende-se com mostrarem solidariedade com a  American Civil Liberties Union, fazendo parte da "Stand with ACLU". Ora isto em português de Portugal quer dizer que teve um aumento significativo de apoios desde a immigration ban do Presidente Trump.

 

É mais uma forma de protesto contra a nova politica de imigração de Trump...

blue-ribbon.jpg

 (fonte, aqui)

15
Fev17

O que têm em comum Donald Trump, a Coreia do Norte e Mel Brooks?

Fátima Bento

Na noite de domingo Mel Brooks, agraciado com um Bafta aos 90 anos de idade, disse no discurso de agradecimento que não tinha medo de Trump. E explicou porquê:

 

I'm not afraid of him, I don't think he's dangerous (..) I think he's mostly an entertainer, a guy who wants audiences to love him (..) What I'm afraid of are all the guys around him, the people who whisper in his ears, like the people who whispered in George W. Bush's ears and we got the Iraq War (…) I just hope that Trump stays the egomaniac he is, listens to no-one and then we'll all be safe. But if he believes these guys we're all in trouble.

fonte: expresso curto

 

 

E isto vem tão a propósito da reação de Trump aquando do lançamento do segundo míssil pela Coreia do Norte para o mar do Japão. Houve alguma "comotion" durante o jantar em que o Presidente recebia Shinzo Abe, Primeiro Ministro Japonês, em Mar-a-Lago. As fotos não se fizeram esperar e invadiram as redes sociais. E eu acho que esta encaixa lindamente no discurso de Mel Brooks:

 

1120.jpg

legenda.png

(daqui)

 E assim vai o mundo...

 

20
Jan17

E agora, mundo?

Fátima Bento

Antes de mais, recordar quem lá esteve durante oito anos, e nos esmagou com o seu carisma, e fez tudo o que pode para melhorar os Estados Unidos,nunca nos deixando esquecer que era humano - e os humanos erram.

Obrigado, Presidente Obama, pelo que foste, pelo que ainda és, e serás sempre.

 

404573_3109491340501_1360862000_33217872_209366261

 

E hoje é um dia triste. O dia em que um magnata que não entende nada de política - e não tem como disfarçá-lo - toma posse e passa a ocupar o cargo mais importante do planeta, aquele cargo que faz com que todos sejamos, diretamente ou indiretamente, afetados por qualquer sua tomada de decisão. E quando dizemos sua, falamos de Donald Trump (e companhia) 

 

Há oito anos atrás acompanhei de nó na garganta o primeiro juramento do então novo Presidente da Républica, Barack Obama. Meses antes tinha passado a noite acordada em frente à televisão a acompanhar aquilo que tinha a certeza ser um momento histórico. Recordo perfeitamente que gritei quando foi anunciada a vitória.

 

Oito anos depois acordei com um o gajo ganhou... sussurrado para eu não acordar de sopetão. Eram pouco mais de seis horas, levantei-me imediatamente e fui prostrar-me em frente à TV em total incredulidade. E negação. Não. O povo americano não fez isto. Não.

 

Não sei se minutos, se uma hora depois, se mais que isso, foi confirmado que Trump vencera. Levei as mãos à cabeça - e não foi em sentido figurado.

 

E hoje é o dia D ou dia T, como lhe quiserem chamar, as duas iniciais encaixam. E enquanto um conjunto de atores e políticos enfrentou as temperaturas negativas que ontem se fizeram sentir em New York (voltarei a isso mais tarde) para protestar contra toda esta pantomima, em Washington, manifestantes eram corridos a gás lacrimogéneo por atirarem lixo (???) aos convidados de um dos bailes de comemoração do novo presidente.

 

maior.jpg

E agora?

 

Hoje, quando o novo Presidente tomar posse vou estar a olhar o écran, engasgada, com aquela sensação de que me estão a puxar o tapete e a certeza que só tive uma vez na vida, em 11 de Setembro de 2001...

 

O mundo, como o conhecemos, acaba hoje.

 

 

09
Nov16

Quando a piada a perde.

Fátima Bento

Sabem aquela piada que se contava enquanto decorria a campanha eleitoral americana?

 

"Se Bernie Sanders ganhar, será o primeiro presidente judeu na história dos Estados Unidos;

Se Ted Cruz ganhar, será o primeiro presidente hispânico na história dos Estados Unidos;

Se Hillary Clinton ganhar, será a primeira mulher presidente na história dos Estados Unidos;

Se Donald Trump ganhar, será o último presidente na história dos Estados Unidos."

 

Sabem?

 

Perdeu COM-PLE-TA-MEN-TE a graça.

2016-11-09t075525z_184720730_ht1ecb90lztxp_rtrmadp

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

nobody.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora