Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

Porque Eu Posso

... e 'mái nada!

14
Set15

Vi no grande écran (nos últimos tempos)

Fátima Bento

Tenho andado incapacitada de fazer só uma coisa de cada vez. Se estou a ver um filme ou uma serie, estou a pintar (aqueles livros anti-stress, sim?). Ou estou no Farmville. Ou aproveito para arranjar as unhas. Ou, ou... não consigo fazer só uma coisa. Estão a ver, deito-me com um livro numa mão e o telemóvel na outra, faço uns quatro ou cinco mahjongs, e leio um capitulo, se for caso disso. Variadinha do capacete.

Uma coisa, no entanto, que tenho feito com alguma solenidade, é ir ao cinema. A solenidade deve-se ao facto de naquela escuridão, não poder estar a fazer mais nada, a não ser olhar para o big screen.

Vi muitos: Trainreck, Mission Impossible - Rogue nation , Self/less, Hitman, O (fabuloso) agente da U.N.C.L.E., A (deliciosa) familia Bélier, Ricky e os Flash (este último, hoje).

movies.jpg

Querem que vos diga o quê? Parece-me que os números com que o IMDb classifica os filmes está apropriado. Trainreck e Self/less foram melhores de que esperava. Mission Impossible, está tudo dito. Hitman é um remake que ganha ao original pela espetacularidade. A Família Bélier já disse aqui que é mais-que-obrigatório. Ricky e os Flash, é mediano, serve para ver a grande Meryl Streep a cantar e a tocar guitarra - sim, é tudo ela. A história serve de background, e não é nada de memorável.

Falta um não falta? Não é por acaso, saving the best for last, como se diz algures. The Man from U.N.C.L.E. transpira Guy Ritchie por todos os poros, é de um pormenor deliciosamente acurado, e - se tirarmos o Mission Impossible, que é uma categoria à parte - é o melhor filme de ação deste ano (pelo menos até agora). Aconselho todos a dirigirem-se ao cinema mais próximo e assistir a esta autentica gema, que tem os anos 60 - primorosamente recriados - como pano de fundo.

E estes são os de que me lembro.

Quanto a livros, dos que tenho lido aos falsos arranques e dos dois que desisti de ler - um foi para a prateleira 'um-dia-destes-penso-nisso-outra-vez' e o outro para a pilha do 'nunca-jamais-em-tempo-algum' - falarei noutro post.

Amanhã, ou assim.

Bacci 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

...porque outubro é quando quisermos...

mini.JPG

 

Pesquisar

A ler agora

nobody.png

 

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sigam-me aqui:

Bloglovin.JPG

 

Instagramem-me:

Aqui e agora